quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Mal entendido

Aparentemente os posts que escrevi falando sobre expat wives ofenderam alguém que eu nunca tive a intenção de magoar.

Ao falar do estereótipo das mulheres expatriadas que moram aqui (estereótipo que não foi criado por mim), em português, acabei sendo mal interpretada quando alguém leu os textos traduzidos para o inglês pela internet.

Em relacionamentos inter-culturais, é normal que mal entendidos aconteçam. Ainda mais quando não há contato e a conversa acontece pela internet. Quem nunca brigou por email ou MSN?

Em minha defesa, não escrevi isso por maldade nem quis ofender ninguém. Traduções feitas online não são da melhor qualidade, e muitas nuances e piadas que são facilmente compreendidas por brasileiros que compartilham o mesmo senso de humor que o meu não são tão bem entendidas por estrangeiros.

Em inglês, alguns trechos traduzidos acabaram soando ofensivos. Acontece que mesmo palavras traduzidas literalmente têm conotações diferentes em cada idioma (até mesmo em português do Brasil e Portugal).

Não tiro a razão dela de ter ficado ofendida ao ler algo que foi mal traduzido e não era fiel ao texto escrito no idioma original. Se fosse escrever em inglês, teria escrito de outro jeito, para que fizesse sentido.

Peço desculpas e repito, jamais quis ofender ninguém. Espero ter a chance de um dia poder conversar e esclarecer o meu lado. Como duvido que isso vá acontecer, resolvi escrever esse pedido de desculpas público, na tentativa de me redimir pelo mal entendido.

10 comentários:

  1. é como sempre digo, emails, ou blogs no caso, não vem com tom de voz nem expressão facial....
    marialice

    ResponderExcluir
  2. digo, não vÊm com....
    marialice

    ResponderExcluir
  3. Quem conhece vc... conhece seu caráter e sabe que vc jamais teria intenção de ofender alguém.
    Me senti na obrigação de comentar.

    Palavras da ex-professora

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. O mais irritante é não ter a chance de explicar pra pessoa que o tradutor online é péssimo e que certas coisas têm outro significado na cultura de origem...
    Ninguém tem o direito de ler algo traduzido dessa forma e tirar conclusões precipitadas sem coversar com a fonte (você).
    Never make assumptions...

    ResponderExcluir
  5. Uia... Isso acontece com traduções toscas mesmo, quem te conhece sabe que vc jamais falaria algo de forma ofensiva...
    beijos
    Re

    ResponderExcluir
  6. Amiga, alguém se achou dáliti? Se a carapuça serviu... sorry!
    Bj
    Lilian

    ResponderExcluir
  7. Eu cai numa dessas de mal entendido pela net tb...Só que no meu caso não foi por pessoa desconhecida e nem traduzido, foi em português mesmo. Tava falando da família do meu marido pra minha irmã pelo skype no serviço, só que me esqueci que era a mesma senha que ficava online em casa e ele usando o computador leu tudo. Maior rolo.
    Bom, pelo que conheço você lendo seus textos, tenho certeza que foram só comentários sobre uma situação com uma dose de bom humor, quem não entendeu, paciência!
    Bonita sua atitude.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Mas é bem fim de carreira isso, não?
    Honestamente, nem esquente a cabeça - mais do que você deve ter esquentado, knowing you...
    Como sua irmã disse, essa coisa de assuming...
    fico sempre com o q uma chefe australiana me dizia:
    ASSUME = makes An aSS of U and ME...

    Besos

    ResponderExcluir
  10. Lindona, achei o blog e tive que vim ler ao vivo e a cores o pedido de desculpas.. achei otimo, super polite, mas como mamae me ensinou: a pessoa que ficou magoada a toa vai ter 2 trabalhos: ficar e desficar.... sei que e chato qdo nao queremos ofender, mas bola pra frente!
    Beijos

    ResponderExcluir