quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Paladar

Comer para mim é um dos grandes prazeres da vida. Adoro sair pra jantar fora, e como vocês estão acompanhando, ando feito umas experiências na cozinha, coisa básicas (que às vezes dão certo, outras não).

Acontece que sempre gostei das coisas mais simples. Não tenho o paladar infantil como algumas pessoas que eu conheço, mas nunca fui muito ousada nas minhas escolhas. Mais de uma vez pedi para mudar alguma coisa no prato porque achava que a combinação não ia me agradar.

Além do mais, quando estou com fome não quero correr o risco de experimentar algo de que não vou gostar. Aí vou gastar dinheiro e continuar com fome, o que não vai me deixar nem um pouco contente.

Mas até pouco tempo atrás eu não comia sushi. Nem rúcula. Aliás, salada de folhas era só alface americana. E aprendi a gostar de tudo isso.

Antes de vir pra Singapura não gostava de curry. Nem frutos do mar. Nem de comida apimentada. Mas a gente se adapta a tudo, e estou abrindo o paladar cada vez mais. Até batizei a iniciativa de projeto “desjacuzação”, que consiste em ser menos preconceituosa com comida, e tentar sempre experimentar coisas novas, inclusive aquelas que antes me faziam torcer o nariz.

Tenho um exemplo recente: no café do lado de casa eles fazem um sanduíche de peito de peru, queijo brie, pimenta, abacaxi e um legume que não me lembro o nome agora. Na primeira vez que comi esse lanche, pedi para tirarem a pimenta e o abacaxi e trocarem o tal legume por alface. Afinal de contas (na mentalidade jacu), Deus me livre pagar por algo que não gosto e continuar com fome.

Mas na segunda vez senti um impulso e sem nem pensar pedi o lanche sem mudar nadinha. “Vou comer a versão original”, pensei comigo.

Sentei para esperar o sanduba e, quando chegou, eu já estava com tanta fome que não hesitei. E não é que era o máximo? Nem levantei o pão para ver que cara tinha o que eu estava comendo. E a cada mordida eu entendia mais e mais porque a pessoa que criou esse sanduíche achou que abacaxi e pimenta seria uma boa combinação.

Comi, gostei, e vou repetir. O plano agora é experimentar pratos locais. Tenho um pouco de receio, porque gosto de saber tudo que tem no prato e aqui isso nem sempre é possível.

Pode ser que leve um tempo até eu criar coragem, tem cada coisa bizarra... Mas sejam pacientes, desjacuzar leva tempo. Uma hora eu consigo.

5 comentários:

  1. Que orgulho!!!
    Eu até tento, e venho sendo mais aberta, mas infelizmente não consigo largar certas restrições...

    ResponderExcluir
  2. WOW!
    Parabéns!
    Sempre acreditei que para conhecer realmente uma cultura, você tem que provar sua culinária...
    E sanduíche com abacaxi é muito bom!!!!
    besos

    ResponderExcluir
  3. Parabéns!!!
    Sanduíche com abacaxi é uma delícia! A pimenta deve acrescentar certamente um extra.
    Adoro provar coisas novas... mas imagino que com as daí eu tb teria algumas restrições... hehehe
    Que sejam tb boas as próximas tentativas!
    Ana Rita

    ResponderExcluir
  4. O Gui é jaccu tb. Nao come mta coisa, ahahahaha

    ResponderExcluir
  5. Tenho certeza que estou incluida no grupo de pessoas que tem paladar infantil... mas tudo bem!!

    ResponderExcluir