quinta-feira, 7 de maio de 2009

H1N1 em Singapura

Como em qualquer outro lugar do mundo, em Singapura só se fala disso. Todos os viajantes que chegam ao aeroporto de Changi têm que passar pela medição de temperatura, e os que estão com febre são levados para uma salinha para uma análise mais detalhada. Caso tenham estado em alguns dos lugares de risco ou tenha algum outro motivo suspeito, terá que ficar em quarentena por 7 dias. Quem mora em Singapura pode ficar em quarentena em casa, e quem não mora é levado para um hotel.

As fronteiras terrestres e os pontos de balsa (para Indonésia, Butão, etc) também estão sendo controlados, mas no caso das estradas somente passageiros de ônibus passam pelo exame.

O governo é muito claro sobre o que está acontecendo, e acho o jornal bem didático. Ao contrário da CNN e Bloomberg, aqui eles a imprensa não aterroriza as pessoas. Talvez porque até agora não tenha nenhum caso confirmado, não sei...

Enfim, hoje fui a um museu que fica aqui do lado do hotel, o Singapore Art Museum. Na entrada, tive que preencher um formulário sobre minha saúde. Depois, tive que passar pela medição de temperatura, que foi muito bizarra. Sentei numa cadeirinha e um cara de máscara apontou um termômetro megaplus na direção da minha testa, sem encostar. Em 10 segundos o negócio apitou e mostrou minha temperatura (acho que é por sensor infravermelho, não sei ao certo...). Só então ganhei o adesivinho verde falando que eu estava ok pra entrar no museu... Que maratona!!

Depois que saí de lá (nem vou comentar muito do museu, porque não achei grande coisa – a casa é linda, mas não entendo nada de arte para julgar as peças), fui no 7-Eleven comprar água, e no caminho vi vários prédios com seguranças mascarados fazendo o mesmo procedimento que eu tinha feito no museu...

Bizarro. A pergunta é, precisa disso tudo?

4 comentários:

  1. Agora vc está na Ásia? Que legal!!!!!!
    Esse negócio de gripe suína já virou paranónia. Essas mortes que divulgaram são ridículas perto do que a gripe comum mata todos os anos... Aqui os jornais estão paranóicos, mas o povo ainda não. ;)

    ResponderExcluir
  2. E o remédio que acabou em todas as Drogasil, ahahahaa. Aí eu tava resfriada a VH resolveu me dar (veja bem, ela acha normal)...passei mal, juro. Ela é mto louca...acha que serve pra qualquer gripe...rsrsrsrs

    Miss u.

    ResponderExcluir
  3. Bom, estive em Brasília na semana passada, minha mãe foi comigo e bizarra era a criatura que estava de máscara e luvas cirúrgicas, porém de mini blusa. Segurei minha mãe pq ela estava louca para ir até a frente e dizer que o vírus poderia entrar pelo umbigo dela...
    kkkkkkkkkk
    Lilian Fernandes

    ResponderExcluir
  4. ahhahahahaha adorei!!! uma vez vi na Suécia uma menina de casaco de pele comprido e barriga de fora...

    ResponderExcluir